Obama no Brasil

Indiscutivelmente, a auto-estima do povo brasileiro se eleva, ainda que momentaneamente, com o discurso do Presidente Obama em nosso país. Ao mencionar o calor humano com o qual foi recebido, a generosidade do espírito brasileiro e ao tratar o país inúmeras vezes como um forte parceiro comercial, o presidente olha o Brasil não mais como um país do futuro e afirma: “ o futuro já chegou” .
Associado a isso, Obama relata que hoje a maior parte da população brasileira é considerada classe média, que o Brasil, um país também colonizado, conquistou sua independência, que se opôs a regimes opressores, conquistou a democracia e hoje tem em sua história um operário pernambucano como presidente e, atualmente, uma mulher presidenta que lutou contra a ditadura.
Certamente, muitos desses elementos suscitados pelo presidente norte-americano refletem os avanços do nosso país. Muito foi conquistado, mas permanecem questões importantes a serem consideradas por nós: como saúde, educação, atenção aos idosos, deficientes, segurança e infra-estrutura.
Esperamos que nós, povo brasileiro, possamos, de fato, reconhecer a evolução do nosso país e a construção de uma nova identidade. Contudo, não podemos fechar os olhos para as inúmeras conquistas que ainda estão por vir. Que o discurso de Obama não seja uma canção de ninar, que nos adormece confortavelmente, mas sim que nos impulsione para enfretarmos os desafios que ainda nos são seriamente apresentados. E, quem sabe, com a próxima vinda ao nosso país de um importante líder político, sejamos nós, brasileiros, os primeiros a reconhecer e a evidenciar nossas conquistas. E que um discurso que aponte pontos positivos da nação simplesmente ecoe as nossas próprias convicções.

Mirella Paiva e Flora Tucci

  • Print
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • Add to favorites
  • email
  • Google Buzz
  • LinkedIn
  • Orkut
ERA
ERA
Related Posts
Comments
  • Barbara Levy

    Muito bom artigo. É interessante também notar em diversos pontos do discurso de Obama a importância da educação para o futuro (e o presente!) do país, como a força viabilizadora das conquistas a serem batalhadas.

Leave a Comment